Legacy of Peace

 
InícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 A forja de um Espadachim

Ir em baixo 
AutorMensagem
Duh
level 4
level 4
avatar

Mensagens : 402
Data de inscrição : 09/11/2009
Idade : 30
Localização : Bringstom

MensagemAssunto: A forja de um Espadachim   Dom Jul 04, 2010 7:37 pm

A forja de um espadachim


Narrador: “Era uma segunda-feira, feriado prolongado de
carnaval, Jeremy tinha sido chamado pela FATI para investigar uma montanha
esquecida onde segundo o pessoal da FATI estava sendo extraído plutônio para
uso em armas nucleares, por ser só uma investigação rotineira e pelo feriado
prolongado, Jeremy optou por não chamar seus amigos e não estragar o feriado
deles!”


Jeremy: *Observando
um mapa* “ Hmm, então é aqui que fica a montanha esquecida, mas até agora não
há sinal de exploração, será mesmo que existe plutônio nessa região?!!”


Narrador: “Jeremy
estava numa região bem isolada próximo da floresta Youka, era um lugar muito
belo e provavelmente intocado por raças inteligentes, havia animais silvestres
até onde Jeremy via todos dóceis, a montanha se erguia próximo de um enorme rio
de águas cristalinas, o que mais chama a atenção de Jeremy e que havia muitas
carpas no rio, peixe pouco típico da região, mas o que tornava a paisagem do
rio ainda mais magnífica.”


Jeremy: “ Hehe! Se eu contar ao pessoal eles vão querer me
bater por não ter-los chamado para missão!!!”


Narrador: “O lugar era tão isolado que Jeremy teve de abrir
uma trilha para poder chegar com seu carro, ele o deixa estacionado no sopé da
montanha e pega apenas seus equipamentos de escalada, seu celular e por fim
suas pistolas”


Jeremy: “Bom se houver realmente uma extração de plutônio
nessa região é melhor eu estar preparado para um possível combate, embora eu
nunca gostei de usar armas de fogo!”


Narrador: “Sem demora Jeremy começa a escalar a montanha!”


Não muito longe dali...


???: “Hmm??? A Ken Sei está reluzindo, isso significa que o
portador esta próximo!!”


Narrador: “Jeremy continuava a subir a montanha, não tinha
muita dificuldade, pois a montanha não era tão íngreme e tinha muitos apoios,
assim que ele subiu cerca de 10 metros ele chega a um planalto muito belo, ali
havia uma queda d’água com a mesma água cristalina do rio, uma grama bem
esverdeada além de algumas flores, o sol brilhava forte, no entanto o clima estava
bem agradável o que deixa Jeremy bem confortável”


Jeremy: “Mas que lugar mais esplêndido, chega ser uma
terapia sair da agitação da cidade grande e vir num lugar maravilhoso como
este, não posso crer que exista plutônio sendo extraído daqui!”


Narrador: “A espada Ken Sei reluz novamente e Jeremy sente
um calafrio passando pelo seu corpo”


Jeremy: “Urgh!!! Mas que sensação estranha que tive agora...
Parece que ouvi alguém... Ou alguma coisa me chamar!!!”


Narrador: “Jeremy começa a explorar o planalto, procurando
vasculhar cada canto pra ver se encontrava pistas a respeito de sua missão, ele
fica horas procurando, mas sem sucesso!”


Jeremy: “Não é possível, acho que o pessoal da FATI se
enganou não encontro nenhuma pista sobre plutônio, nem se quer meu aparelho
medidor de radiações identifica níveis de radiação na área!”


Narrador: “Jeremy continua sua exploração e chega a uma área
mais árida do planalto, na sua frente ele avista o que parece ser um Yowler ,
lembrava um cão da raça Husky Siberiano,
tinha olhos dispares, um vermelho como o crepúsculo e outro era azul como os
cristais de gelo, ele usava roupas leves e exóticas e na cintura carregava uma
espada do estilo oriental”


Jeremy:
quanto parece, será que ele é amigo ou
esta extraindo plutônio?>



???: “Forasteiros não são bem vindos aqui de meia volta” Diz
o estranho


Jeremy: “Sinto muito, mas eu não tenho a intenção de
incomodar mais que o necessário, apenas estou realizando uma investigação
criminal!” * Mostrando um documento federal*


???: “Não me interessa o que veio fazer aqui apenas siga o
seu caminho, de meia volta!!” *Adverte o Yowler com a mão no cabo da espada*


Jeremy: “Desculpe senhor, mas eu só sigo o caminho em
frente!!!” *Provoca Jeremy*


???: “É um rapaz de coragem terá essa mesma coragem quando
eu lhe fizer em pedaços?” * Tomando posição de luta*


Jeremy: “Não vim aqui para lutar, apenas estou realizando
uma investigação criminal meu senhor!” * Diz Jeremy sacando uma pistola*


Narrador: “O Yowler saca sua espada e avança na direção de
Jeremy, o espião saca mais uma arma e atira em direção do Homem-Cão, no entanto
o Yowler gira a espada com uma velocidade incrível rechaçando os tiros de Jeremy.”


???: “Desista forasteiro! Você nunca ira me derrotar com
essas ferramentas de deslealdade!”


Jeremy: “Desleais?!!! Já entendi !” *Jeremy joga as armas no
chão e cerra os punhos indo em direção ao Yowler*


???: “O que? Mal me acerta com suas armas, o que faz pensar
que pode me acertar com as mãos vazias?”


Narrador: “Os dois avançam para o combate, o Yowler golpeia
com a espada numa velocidade incrível, Jeremy faz o possível para se esquivar
dos ataques, não tendo nenhum tempo para reagir.”


Jeremy: < Droga, ele muito rápido se eu tentar
contra-atacar vou ser fatiado >



Narrador: “A seqüência de golpes e esquiva continua, o
Yowler finalmente baixa a guarda, Jeremy tenta aproveitar a brecha e tentar
golpear, mas o Yowler gira o corpo rapidamente e acerta um corte na coxa
direita de Jeremy”


Jeremy: “Argh!”


???: “Desista forasteiro, a única coisa que ira conseguir e
ser feito em pedaços!”


Jeremy: “Sinto muito Sr??? Qual é o seu nome o meu é
Jeremy!!”


Hirumaru: “Meu nome é Hirumaru!!! Guardião do templo sagrado
da Ken Sei!”


Jeremy: “Bom como eu ia dizendo eu não recuo eu apenas sigo
em frente, mesmo que eu não o vença Hirumaru, irei lhe acertar um soco!”


Hirumaru: “Admiro sua persistência forasteiro... Jeremy...
Mas como guardião devo detê-lo a qualquer custo!”


Narrador: “O homem-cão recua faz um movimento com a espada e
a mesma emite um brilho forte na lâmina.”


Jeremy: “ Mas o que será isso?”


Hirumaru: “Isso será o seu fim forasteiro... KAZE JINSEI!!!”


Narrador: “ Da lâmina do Yowler sai um corte em diagonal que
corta o ar numa rajada e acerta em cheio Jeremy , a força do golpe é tamanha
que arremessa o espião a alguns metros de distância.”


Jeremy: “ Arrrrgghhh!!!!”


Narrador: “ O espião é arremessado na para dentro de um
templo oriental, o impacto fez a porta do mesmo se despedaçar, Jeremy examina
onde o golpe atingiu e fica aliviado ao ver que seu colete o salvou porém ficou
em pedaços.”


Jeremy: “ Essa foi por pouco.... Esse tal Hirumaru não está
para brincadeiras! Argh!”


Narrador: “Jeremy examina o templo ao redor, havia vários
objetos e ornamentos típicos da
cultura oriental, estatuas de dragões, ideogramas, armas de combate marcial,
mas o que mais chama a atenção de Jeremy era uma bela espada se encontrava no
centro do templo, era uma espada tradicional da cultura oriental, com lamina
curva, em sua bainha havia vários desenhos de dragões foliados a ouro, na
empunhadura alguns ideogramas e curiosamente um par de dados amarrados na
ponta.”


Jeremy: “Uau! ... É melhor eu usar isso para lutar, vai ser
impossível vencê-lo de mãos vazias!”


Narrador: “ Assim que Jeremy toca no cabo da espada, ele
sente uma enorme energia mística envolvendo seu corpo, um brilho turvo passa a
emanar da arma assim como do próprio espião.”


Jeremy: !!!


Hirumaru: “Forasteiro... Fico impressionado que ainda esteja
vivo...”


Narrador: “Hirumaru
nota que Jeremy empunha a espada”


Hirumaru: “Então finalmente... A cada minuto que passa você
me impressiona... Jeremy-san!!!”


Jeremy: “Hirumaru! Não tenho a mínima intenção de machucar
você, você não me parece ter más intenções, no entanto se continuar a me atacar
terei de usar de minha força para me defender!”


Hirumaru: “Entendo...DEFENDE-SE JEREMY-SAN!”


Narrador: “ O Yowler novamente avança na direção do espião
dando golpes com a espada, Jeremy usava a sua para defender os golpes, mas do
mesmo jeito não conseguia contra-atacar, mas Jeremy sentia algo diferente, era
como se ele e a espada tivessem algum tipo de ligação e Jeremy conseguia prever
rapidamente cada movimento de Hirumaru!”


Jeremy:
simples assim, bom vou acabar com isso>



“Hirumaru, agora é minha vez!”


Narrador: “ Jeremy aproveita uma brecha do Yowler, ele gira
o corpo para esquivar do golpe de Hirumaru, e acerta com o cabo da espada a
bochecha do homem-cão, fazendo o mesmo perder o equilíbrio e cair!”


Hirumaru: “Argh!”


Jeremy: “Touché!!!
Creio que venci Hirumaru!”


*Diz Jeremy sorrindo e apontando a espada para Hirumaru.*


Narrador: “ Jeremy então estende a mão para ajudar a Hirumaru
a se levantar”


Jeremy: “Apesar de ter quase me matado foi divertido” *sorri
o espião*


Hirumaru: “Você tem talento Jeremy-san!” *reconhece o
Yowler* “Tem muita força e espírito, mas é tão lerdo que se eu lhe desse duas
tartarugas para cuidar uma fugiria! Heh!” Termina dando um leve riso.


Jeremy: “Ah?? Mas o que...”


Hirumaru: “Hehe! Venha preciso te contar algo!”


Narrador: “Hirumaru, leva Jeremy para mais adentro do templo
alem do altar havia uma pequena, porem aconchegante, sala de jantar, os dois se
sentaram Hirumaru preparou algo para os dois beberem e finalmente disse.”


Hirumaru: “ Eu moro aqui a vários anos, cuidando desse
templo e protegendo essa espada que você esta na mão a Ken Sei, a sagrada
lâmina, ela é passada de geração a geração para que os sacerdotes cuidem dela
até que seu portador retorne.”


Jeremy: “Historia interessante, mas o que eu tenho a ver com
isso?!”


Hirumaru: “Não percebe... Você é o portador da Ken Sei.”


Narrador: “Jeremy ouvia com atenção o que Hirumaru dizia, e
olhava para a espada, por mais estranho que parece a situação aquilo lhe
parecia fazer sentido”


Hirumaru: “A partir de hoje Jeremy-san, você poderá usar a
Ken Sei para vencer inimigos mais malignos, como você mesmo viu, para alguns
adversários, armas mundanas como armas de fogo não vão funcionar, apenas armas
místicas como a Ken Sei”.


Jeremy: “Então você ta querendo disser que a Ken Sei é
minha?!”


Hirumaru: “Sim ela é sua por direito, mas só isso não basta,
como eu disse você precisa de
treinamento!”


Jeremy: “E quem você ira me treinar?”


Hirumaru: “Esse é meu dever, Jeremy-san!” *sorri satisfeito*



Narrador:
“Hirumaru entra a Jeremy uma espada de bambu e ele mesmo pega uma e
começa a dar algumas instruções ao
espião, ambos começam a duelar, Hirumaru
demonstra uma habilidade incrível, Jeremy se esquiva e se defendia de alguns
golpes, mas sempre era atingido e não conseguia contra-atacar, ao fim do
treinamento o pobre espião estava com o corpo cheio de hematomas , alguns
ferimentos sangrando, no entanto, apesar de esgotado Jeremy se sentia eufórico
sabia que tinha evoluído de alguma forma.”


Hirumaru: “Por hoje é só, volte amanhã para continuarmos
nosso treinamento e vou te ensinar algumas técnicas mais apropriadas!”


Jeremy: “Puf...Puf... Ta certo ... Argh!!”


Narrador: “ Com o
passar do tempo Jeremy, já consegui desferir alguns golpes em Hirumaru, se
esquivava mais rapidamente e pecava mais flexibilidade de combate, Hirumaru
também o treinava com kung fu, o que não era nenhum trabalho para Jeremy, já
que o agente já estava acostumado a usar.”


Hirumaru: “Ótimo Jeremy-san, você aprendeu bastante, agora
eu já posso te ensinar a técnica secreta do Kaze Jinsei!”


Jeremy: “Kaze Jinsei?!”


Hirumaru: “Sim “o vento da vida” dizem os anciões que esse
golpe era usado pelos deuses para dar vida as suas criações, mas assim como o
dom para a criação esse golpe também tem o dom para a destruição, quando usei esse
golpe em você naquela ocasião eu usei a mínima intensidade de ki possível, por
isso você esta vivo ainda, caso o contrario você teria sido despedaçado!”


Jeremy: “Isso é incrível, aquele golpe realmente era
devastador!”


Hirumaru: “Bom, Jeremy-san, basta você concentrar o seu ki
na lâmina da espada e liberar num corte na diagonal”.


Narrador: “Hirumaru, faz uma demonstração para Jeremy
enquanto segue dando instruções.”


Jeremy: “Certo, acho que entendi!”


Narrador: “Sem muitas dificuldades, Jeremy consegue executar
a técnica, mesmo sem muita perfeição, ele descarrega uma quantidade elevada de
ki fazendo um grande buraco na parede do templo, Jeremy tinha facilidade para
aprender coisas novas, Hirumaru não precisara explicar muito e em pouco tempo
Jeremy já podia executar o golpe com perfeição!”


!!!TUING!!!


Jeremy: “ KAZE JINSEI!”


Hirumaru: “Jeremy-san! Você me impressiona a cada dia, você
aprendeu a técnica em pouquíssimo tempo, já esta mais do que apto a usar a Ken
Sei.”


Narrador “Hirumaru entrega a Ken Sei nas mãos de Jeremy,
confiando a ele o porte da mesma”


Hirumaru: “Mais uma coisa Jeremy, para que você não ande por
ai com a espada nas mãos, vou lhe ensinar uma técnica de invocação para que
você possa invocar a Ken Sei onde quer que esteja sem que chame muita atenção!”


Jeremy: “Ótimo”


Narrador: “Hirumaru ensina a técnica e Jeremy aprende com
facilidade, o invocar a espada os dados na ponta da empunhadura balançam e Jeremy consegue ver um 1 e um 6, resultando
num 7.” *O espião sorri*


Hirumaru: “Tudo certo Jeremy-san?!”


Jeremy: “Creio que é meu dia de sorte!”
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://legacyofpeace.forumeiros.com
 
A forja de um Espadachim
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Um espadachim segurando uma espada

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Histórias solo :: Jeremy-
Ir para: