Legacy of Peace

 
InícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 História solo- Shynodda

Ir em baixo 
AutorMensagem
Shynodda
level 0
level 0
avatar

Mensagens : 21
Data de inscrição : 02/12/2009
Idade : 24

MensagemAssunto: História solo- Shynodda   Sab Dez 05, 2009 12:01 am

Parte 1


Narrador: Tudo começou quando Shynodda acordou de manhã cedo e bem animado, era uma sexta feira de um belo dia de sol e calor. Shynodda levantou-se de sua cama e fora fazer suas necessidades, escovar os dentes, tomar café e etc. Até que ele pensou consigo mesmo:

Shynodda:_ Nossa! Que calor! Vou matar aula hoje e dar uns mergulhos no lago, afinal to com muita preguiça de ir à aula hoje.

Narrador: Shynodda se arrumou levou óculos escuros, camisetas leves e apropriadas para o calor e muitas outras coisas. Quando saiu de casa e deu exatamente 10 passos a distancia dela, e lembrou de uma coisa muito importante, e exclamou de uma forma preocupada:

Shynodda:_ Ah... esqueci o protetor solar!!!

Narrador: E logo em seguida disse mais uma coisa:

Shynodda:_ To nem aí, um dia sem o protetor solar não vai me fazer mal. Mas e se fizer? Sempre tem uma primeira vez! Mas to com preguiça de ir busca-lo, ele está muito longe de mim. Vou sem ele mesmo.

Narrador: E continuou seu caminho. Finalmente chegara ao lago; era um lugar muito bonito com pinheiros e montanhas aos redores do lago. E com uma expressão alegre Shynodda olha para um lado, olha para o outro, fecha os seus olhos e uma leve brisa toca o seu rosto. Então ele começa a lembrar dos tempos de infância, quando seus pais o levavam para o mesmo lago todos os finais de semana e se divertiam bastante. Logo em seguida Shynodda abre os olhos e levanta a sua cabeça olhando para o céu azul e com poucas nuvens e com um leve sorriso pensa:

Shynodda:_ Essa leve brisa me traz as melhores lembranças que tenho dos meus pais, pois toda vez que vínhamos para cá, parecia que essa mesma brisa me tocava, me deixando mais alegre. Ela ainda parece a mesma.

Narrador: E com muita pressa Shy corre em direção ao lago e da um excelente pulo na água para se refrescar. Passou a tarde inteira no lago, as vezes saía para comer alguma coisa, as vezes só ficava sentado na beira do lago lembrando o seu passado.
No por do Sol Shynodda estava em pé, jogando pedras na água e fazendo elas quicarem sobre a superfície, ate que de repente ele coloca sua mão na cabeça, e assustado diz:

Shynodda:_ Minha nossa!!! Hoje é sexta feira! Dia de farra, zona, bebedeira e logicamente... MULHER!


Parte 2


Narrador: Chegando em casa desesperado, Shynodda olha para o relógio que marcava 18:35h.

Shynodda:_ Put’z to atrasado!

Narrador: Shynodda vai correndo ao banheiro tomar banho. Logo sai com o cabelo todo molhado e seu corpo mal enxugado e exatamente às 19:00h, o garoto finalmente já estava pronto pras gandaias. Chegando na parte mais urbanizada da cidade de Hollem ele encontra um barzinho com o nome de “ Night Club”. Shynodda ve que o nome chama atenção e entra sem pensar duas vezes. Logo em seguida ele senta num banquinho em frente ao balcão e pede uma bebida ao barman.

Shynodda:_ Uma vodika com cacau sem azeitonas e com bastante gelo porfavor.

Narrador: Em quanto o barman estava preparando sua bebida o garoto começa a prestar atenção numa conversa entre 3 caras.

Cara 1:_ Por quanto você quer esse casaco de pele? Eu te pago quantos você quiser.

Narrador: Shynodda faz uma cara de desentendido e pensa:

Shynodda:_ Casaco? Mas está calor! Ah é, hoje é o ultimo dia de verão e amanha começa o frio do outono.

Narrador: E logo depois o garoto volta a prestar atenção na conversa.

Cara 2:_ É uma ótima oferta, mas não. Já se faz anos que tenho esse casaco e não vendo pra ninguém.

Cara 3:_ É verdade, para matar o Licantropo não foi fácil.

Narrador: Shynodda volta com a mesma expressão de antes e volta a pensar consigo:

Shynodda:_ Licantropo? Quem será?

Narrador: Logo o barman chega e lhe da a bebida:

Barman:_ Aqui está.

Shynodda:_ Obrigado ^^

Narrador: O garoto novamente volta a prestar atenção na conversa do 3 caras.

Cara 1:_ Me conta como foi que você o matou?

Cara 2:_ Eu sou um ótimo caçador, e conheço um cheiro de uma racinha dessas de longe. Então logo percebi que em uma casa havia um Licantropo. Então eu e meu parceiro invadimos a residência, e logo em seguida o Licantropo mostrou sua verdadeira forma e avançou para cima de mim, então rapidamente joguei a minha rede e foi bem no alvo, ele se enroscou todo e logo em seguida o matamos com um dardo envenenado.

Narrador: Shynodda quando ouviu aquilo começou a suar frio, tremer que nem um condenado, não conseguira beber o seu drink. E o homem terminou a sua historia.

Cara 2:_ E logo depois disso, sua mulher não tinha por onde correr e fizemos ela de brinquedo, sabe como é né?! ; ). E depois disso arrancamos sua cabeça e a deixamos em cima da cama.

Narrador: Shynodda olha para ele assustado e o mesmo homem percebe a reação e como Shynodda estava. Logo em seguida o garoto sai do bar, até que cai a ficha para esse mesmo homem. E diz para o seu companheiro:

Cara 2:_ Vamos ali.

Cara 3:_ Ali a onde?

Cara 2:_ Sem perguntas ok? Vamos logo.

Narrador: Assim que eles saem do bar, os homens avistam Shynodda correndo para a floresta e eles o seguiu. Shy percebeu que não estava só e resolveu acelerar o passo; os homens também foram andando mais rápido. Até que em certo ponto Shynodda resolve correr, os homens sem desistir o seguiam sem parar. Assim que acaba a floresta Shynodda se encontra com um penhasco em sua frente e fica sem saída. Os homens chegam e diz:

Cara 2:_ Você é um Licantropos né? O que faz aqui?

Narrador: Shynodda assustado não responde.

Cara 2:_ Vamos! Diga logo!

Narrador: O garoto ainda não responde e engole a saliva a seco.

Cara 3:_ Ah vamos logo matar ele?!

Cara 2:_ Não! Larga de ser abestalhado seu jumento! Se nós matássemos ele agora, não iríamos lucrar pois ele não esta na sua forma animal.

Cara 3:_ É mesmo. =/

Narrador: O homem mais interessado em Shynodda começou a provocá-lo dizendo:

Cara 2:_ Me diga a verdade, você é filho daquela vagabunda gostosa não é? Aquela que nós arrancamos cabeça e deixamos de presente em cima da cama!

Narrador: O coração do Shynodda começa a bater mais lentamente, só se ouvia o “Tum tum, Tum tum, Tum tum...”
Os olhos do garoto começaram a mudar de cor e com uma voz mais sinistra Shynodda diz:

Shynodda:_ Não queria me zangar e nem brigar com vocês, mas se é isso que vocês querem, é isso que terão!

Narrador: O garoto começa a fazer a sua transformação de Licantropo.

Forma inicial:



Forma Semi-Finalizada:



Forma Finalizada



Finalmente Shy mostra sua verdadeira forma.

Cara 2:_ Excelente! Agora sim vamos mata-lo.

Narrador: E quando o homem saca o revolver que se localizava em sua cintura, num piscar de olhos o Shynodda não estava mais na frente deles.

Cara 3:_ Onde será que ele esta?

Shynodda:_ Bem aqui.

Narrador: Os dois homens se viram assustados e Shynodda estava por trás deles pronto para o ataque.



Shynodda:_ Isso é pela minha mãe e meu pai. Uivo Sombrio!

Narrador: O Licantropo começou a uivar, e as ondas sonoras do uivo entraram nos ouvidos dos dois caçadores, até que ambos começam a gemer e gritar de dor. Os dois com suas mãos na cabeça, gritando e implorando misericórdia para Shynodda não percebem que estavam indo para o penhasco, pois eles estavam andando de costas e sem mais nem menos os dois caem de lá de cima. O garoto volta a sua forma humana e diz:

Shynodda:_ Lamento por vocês mas, nós colhemos o que se plantamos!

Narrador: E rapidamente volta para sua casa fingindo que não havia acontecido nada, e se lamentando por sua noite não ser aquelas que ele esperava ser.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
História solo- Shynodda
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» As belas histórias dos PAPAS! (Santos Padres)
» A história do Papado - O que está por trás...
» Histórico do Estado do Rio de Janeiro
» A Verdadeira História de Jesus Cristo - Contestado!
» Livro: Flavio Josefo – História dos Hebreus

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Histórias solo :: Shynodda-
Ir para: